Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

A possibilidade d' "O amor nos tempos de cólera"


Fui ao cinema com um critico de cinema. Fui ver 'O amor nos tempos de coléra'. Não sei se vi num período bom, porque o filme fala sobre o amor. O tempo todo! Isso através da história do poeta e telegrafista Florentino Ariza: ele encontra o grande amor de sua vida ao avistar Fermina Daza na janela da casa do pai dela. Escrevendo cartas apaixonadas, aos poucos Florentino conquista o coração de sua amada. Mas o pai da jovem fica furioso quando descobre o romance e jura afastá-los para sempre. Fermina casa-se então com o sofisticado aristocrata dr. Juvenal Urbino, que levou a ordem e também cuidados médicos à cidade de Cartagena, combatendo a epidemia de cólera que misteriosamente assolou a cidade. O casal vai morar em Paris por vários anos. De volta a Cartagena, Fermina ainda pensa em seu primeiro amor. E Florentino também não a esqueceu. Agora um rico proprietário de barcos, ele tem muitos casos, mas seu coração ainda bate por Fermina. Ele é paciente e espera uma vida inteira para ter a chance de estar novamente com a amada.
Não sei se vi num período bom... Mas vi e gostei. O filme é a adaptação do romance homônimo do escritor colombiano Gabriel García Márquez. Imaginem García Márquez sem a latinidade e um pouco acelerado e saberão mais ou menos o que é o filme...

Um comentário:

« grands ¥eux disse...

Mas quem leu o livro se desencanta com o filme. o diretor não fez nenhuma releitura, foi um orta dali, arruma aquilo, exclui acolá. qm não leu o livro perde muito.

não se tb se vi num período bom. mas achei o Florentino um babaca.
:*
(to lendo todo o seu blog! e adorando!)