Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Músicas que me fazem arrepiar: “Chega de saudade”, de Caetano Veloso

Adoro a música ‘Saudosismo’ do Caetano Veloso. Sempre me arrepio. Sempre! Conheçam a letra, por trás dela há uma mensagem fantástica. Basicamente, a música, como o nome sugere, é um saudosismo (“eu fico comovido de lembrar o tempo e o som.” - Ouça aqui!): fala de tudo que significou a bossa nova, a grande revolução da música brasileira. Ele diz: “já temos um passado, meu amor!”, enfim surgiam as bases para uma música autenticamente brasileira e sofisticada. Mas ai que vem a grande graça da música. Cae nos surpreende dizendo “ah, como era bom, mas chega de saudade, a realidade é que aprendemos com João (Gilberto, o ídolo mor de Caetano) pra sempre a ser desafinados”. E aí ele me arrebata repetindo dezenas de vezes “Chega de Saudade!”. O título de uma música clássica, de autoria de Vinicius de Morais, da bossa nova recebe um novo significado. Sim, conseguimos tudo isso, mas CHEGA DE SAUDADE há muito que se conquistar ainda. Essa é a mensagem a que me referia. A mensagem universal. Sim, o que temos é bom, mas não é tudo! É só o início. Com todo esse espírito pós-moderno essa mensagem parece não exercer tanto impacto. Mas eu a uso sempre que necessário. Repito sempre baixinho como uma oração: “chega de saudade, chega de saudade, chega de saudade...”

Um comentário:

Sérgio Rodrigo disse...

Essa postagem é a primeira de uma série que iniciei...