Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de junho de 2007

De que eu sou feito?

Descobri algo importante sobre mim. Aliás, duas coisas. Uma é que não me falta sentimento para me relacionar com as pessoas, muito pelo contrário. Tenho um sentimento tão grande que não há quem suporte, eu sufoco, mato. Tenho sentimento para toda uma cidade, um país. Um ser humano não suporta. Preciso encontrar um super-humano! A outra, essa mais dolorosa, é que eu oprimo as pessoas. Essa foi uma surpresa! Descobri na sala de aula. Falo, brinco e agrido. Sem saber. Ninguém nunca me havia dito. Agora disseram. Oprimo e não permito que as pessoas respondam. Seria eu um crápula repleto de amor?

Nenhum comentário: